Trilha do Rio do Boi, Parque Nacional Aparados da Serra - RS

ATRATIVOS
CONSERVAÇÃO
SINALIZAÇÃO
VISITAÇÃO
Avaliação média

4

1 classificaçãoCLASSIFIQUE

Talvez a mais famosa e bonita trilha no Sul fique no Parque Nacional Aparados da Serra. Ela é realizada no interior do Cânion Itaimbezinho e no leito do Rio do Boi.

O Parque se Chama Aparados da Serra porque os Cânions parecem que foram cortados em paredões verticais. O Itaimbezinho é um nome de origem tubi-guarani que significa “pedra afiada” e o Rio do Boi (onde a trilha é realizada) foi assim batizado, conforme a população local, devido à queda de gado dos cânions no rio.

O cânion fica entre as cidades de Cambará do Sul (RS) e Praia Grande (SC), sendo uma fronteira natural entre os dois Estados. O trekking começa na cidade catarinense e a entrada da trilha fica a uns 12km do Centro.

É um trekking considerado difícil, não pela quilometragem (que deve ficar em torno de 13 km), mas pela dificuldade, já que boa parte da trilha ocorre por cima das pedras soltas e tem mais de 20 travessias de Rio, onde geralmente as pessoas precisam passar de mãos dadas, devido a força da correnteza.

A primeira vez que fiz essa trilha usei botas impermeáveis. Nunca mais faço isso. As botas viraram baldes cheios de água em meus pés e minha lombar estava destruída no dia seguinte!

Recomenda-se o uso de caneleira para proteger as pernas das pedras soltas e de cobras. Porém, eu nunca usei as tais caneleiras por não me sentir confortável para caminhar com aquilo, então, apesar de ser recomendação do Parque, optei por me sentir mais confortável ao caminhar.

A trilha começa com muito verde e uma vegetação bem típica do Sul, um caminho de 2,98 km e com algumas subidas, mas que em seguida nos deixa embaixo dos cânions, caminhando sobre as pedras e a sol aberto (se tiver sol). No verão, as travessias de rio são muito bem-vindas, pois é possível parar em piscinas naturais e cachoeiras para um banho refrescante.

jucilene pereira trilha do rio do boi rs

É necessário guia credenciado e tem limite de pessoas na trilha, por isso reserve com antecedência!

E, muito importante, nem sempre pode ser realizada a trilha! É bom ter um plano B se for para região, pois dias de chuva ou que sucedem dias chuvosos a trilha pode ser fechada por segurança.  O nível do rio pode subir muito e tornar as travessias arriscadas. Mas, na região tem muitas outras trilhas que podem ser realizadas se não for possível fazer a trilha do Rio do Boi. Apenas pense em outras possibilidades.

O que sempre me perguntam sobre esse trekking é se qualquer um pode fazer. Sim. Mas, com maior ou menor dificuldade. Digo isso porque já fiz a trilha com vários grupos diferentes e pessoas com mais dificuldade de caminhar em pedras soltas (equilíbrio mesmo) sofrem mais e demoram mais, mas conseguem fazer. A trilha não tem muitas subidas, portanto, esse não é o maior obstáculo, como ocorre em algumas trilhas de montanha, mas é uma trilha longa e para fazer todo percurso de ida e volta, um grupo de nível médio leva em torno de 7 horas.

Uma dica que aprendi faz pouco tempo é pedir para seu guia, na volta da trilha, passar pelo “Vale do Itaimbezinho”, onde fica a régua de medição do nível do rio, a quase 10 metros da guarita de entrada/saída Parque. No local tem uma piscina natural formada pelo Rio, excelente para um banho demorado (já que está perto da saída) e você ainda pode ver o pôr do sol junto ao “Morro da Mamica”.

parte da trilha do rio do boi rs

Na região de Praia Grande (SC) e também em Cambará (RS) existem pousadas para todos os gostos e bolsos, inclusive um hostel credenciado ao Hosteling Internacional, que é uma boa dica para os viajantes econômicos, como eu. Todas as hospedagens já possuem guias credenciados e você pode contratar o trekking direto com a pousada.

entre as pedras da trilha do rio do boi rs

thiago hd entre os canions da trilha do rio do boi rs

jucilene pereira na trilha do rio do boi rs

 

Trace sua rota até lá

Trilha do Rio do Boi, Parque Nacional Aparados da Serra - SC
Trilha do Rio do Boi, Parque Nacional Aparados da Serra - SC

Compartilhe

Deixe seu comentário

  • Marco Martins

    Marco Martins

    Há trekking para fevereiro?.. uma pessoa....se possível mande os pacotes disponíveis ... obrigado

  • Breno

    Breno

    Boa Tarde,
    Queria saber se tera trekking em fevereiro de 2018 para duas ou tres pessoas.
    Caso tenha mande algumas opcoes de roteiros.

  • Adriana Matte

    Adriana Matte

    Gostaria de saber o valor de serviço de guia para a Trilha do Rio do Boi (grupo de 10 pessoas)
    Obrigada,

  • Jucilene Pereira

    Jucilene Pereira

    No verão nem sempre é assim, dias de chuva ou nublados deixam o clima mais úmido e com nuvens baixas. Mas dias ensolarados são ótimos para banhos nas piscinas naturais e nas cachoeiras.

  • Lívia Hugentobler

    Lívia Hugentobler

    Por que o clima é assim ?

XFECHAR
Top
Jucilene Pereira
Tem dúvida?
X

Qual a sua opinião sobre o local?

ATRATIVOS
CONSERVAÇÃO
SINALIZAÇÃO
VISITAÇÃO

CLASSIFICAR