5 motivos para você NÃO trilhar Montanhas

1 - Você passa ser “a chata” entre a família e os amigos

Afinal, nos aniversários, jantares e almoços do fim de semana você nunca estará presente.

2 - Você vai deixar sua família preocupada



Afinal você começa a tomar decisões mais radicais em prol de uma vida mais livre e com mais qualidade de vida. Troca de emprego e passa a ganhar menos, mas também gasta menos, porque na montanha o seu dinheiro não vale nada, não tem com o que se preocupar.

3 - Você se torna antissocial



E passa a andar só com a galera da trilha, e sua família e amigos começam a reclamar da sua nova rotina.

4 - Seu carro vai estar sempre fazendo algum barulho

De tanto passar por aquelas estradinhas de terra com o porta-malas lotado de mochilão, e o banco traseiro cheio de gente, sempre rola aquela avaria no balanceamento e suspensão.

5 - Você passa a depender dos outros



Porque na montanha, o valor do coletivo é elevado à enésima potência. Não há expedição sem o planejamento e movimento de pessoas com o mesmo objetivo, porque é impossível viver sozinho uma experiência desafiadora, plena e enriquecedora.

Bom, acho que são motivos suficientes para ninguém pensar em começar a trilhar, né? Ou não?

Conclusão: quando você sobe uma montanha, você sabe que não está lá como mero espectador, você faz parte dela, do seu bom ou mau humor. Aguenta o frio, o calor, a chuva, a fome, o cansaço, e você aceita isso “de boa” como um aprendizado, porque é nessa hora que nasce o medo, mas também a coragem, e logo após vem a satisfação em olhar para tudo e ver que você conseguiu chegar até o fim.

“E aqueles que foram vistos dançando foram taxados de loucos por aqueles que não podiam ouvir a música”.

Essa página foi últil para você?

(nenhuma avaliação)

Compartilhe

Deixe seu comentário

XFECHAR
Top
Vivian
Tem dúvida?