Pico Cirrica

Até então, estávamos todos ansiosos pelo início da trilha. Nos planejamos há semanas para esse pico. Todos já haviam lido e relido muito sobre. E em todos eu li que a trilha era difícil, porém o difícil que eu pensava era sobre a rampa, e realmente esse estava sendo o meu maior medo, escalar aquelas benditas rampas... Mal sabia eu que elas seriam fichinha perto do que realmente é a trilha, haha..

Vamos lá.. Saímos de Rio do Sul às 23:30 do dia 06 de setembro de 2018, fomos em 4 loucos, digo, pessoas e chegamos ao ponto inicial às 5h, preenchemos as fichas da Fazendo Bolinha e às 5h20min partimos para esse tal de Pico Ciririca. Logo no início da trilha, há um portão de ferro, que ao abrir ecoou um ruído semelhante a um filme de terror, e um de nossos colegas mencionou que iríamos entrar em um pesadelo. Mal saíbamos que o que ele falou tornaria-se realidade!!!

Como inciamos a trilha muito cedo, necessitamos de lanternas de cabeça. Logo no início há vários córregos e pedras, necessitando muito cuidado. A trilha é muito úmida, pois é mata fechada. Lindas e gigantescas árvores traçam o caminho, nos fazendo perceber o quão grande e imenso é nosso Deus.

A trilha é extremamente exaustiva, ela te suga ao máximo. Não pela distância e sim pelos aclives e declives, que são inúmeros. Quando chegamos na metade, estávamos mortos. Mas prosseguimos com foco, força e fé.

Estávamos ansiosos para chegar na Cascata do Professor (ponto de água 13 dos 16), pois ali mostra que o pico está QUASE próximo, aliás, menos longe.

Continuamos a caminhada e tivemos que parar entre as raízes para almoçar e recuperar energias. Estávamos mortos. Como a trilha é muito fechada, não há locais para você parar e fazer seu lanche, então paramos no meio do caminho mesmo, almoçamos e continuamos.

E de repente avistamos luminosidade e céu azul, a área fechada estava terminando e já era possíve avistar o paredão de pedras que nos aguardava.. Mas naquele momento o cansaço e a vontade de chegar no topo era tanta, que o terrível paredão passou a ser o mais esperado.

O paredão é super tranquilo, além do mais para quem já escalou o do PP. Porém as cordas são sustentadas pelas próprias arvorezinhas, SIM ACREDITEM!!

Terminamos o paredão, e como estávamos exaustos parávamos a cada 20 metros para descançar. 

Quando chegamos no topo, bicho, não tem explicação. A MELHOR SENSAÇÃO DA VIDA! O céu estava deslumbrante. Não poderia ser mais perfeito.

Tivemos uma maravilhosa e revigorosa noite de sono, que nos fez acordar as 06 da manhã para ver o espetáculo do nascer do sol. Incrível. Logo após, abaixo de nós formou-se um mar de nuvens que mais pareciam algodões.

Partimos do Pico Ciririca rumo à tão esperada Fazenda do Bolinha, com a sensação de dever cumprido. Extasiados pela energia que o local nos passou. Mais confiantes em nós mesmos e certos de que tudo que se quer de coração, se consegue.

Ahh, e se alguém nos pedir uma opinião sobre ir ou não ao Cirrica, se for nosso inimigo diremos : VÁ!

Trace sua rota até lá

Parque Estadual do Pico Paraná - Campina Grande do Sul, PR
Parque Estadual do Pico Paraná - Campina Grande do Sul, PR

Essa página foi últil para você?

(nenhuma avaliação)

Compartilhe

Deixe seu comentário

XFECHAR
Top
Marlla Suellyn Zanis
Tem dúvida?