Trilha da Pedra do Telégrafo, Guaratiba - RJ

Para facilitar sua leitura, utilize o índice abaixo para guiá-lo pelos principais pontos desta trilha.

A trilha

O Morro de Guaratiba está situado no Parque Estadual da Pedra Branca (PEPB) e se tornou conhecido popularmente como Pedra do Telégrafo (ou Morro do Telégrafo), possivelmente pelo fato de ter recebido, durante a Segunda Guerra Mundial, um posto avançado, com rádio, para observação de submarinos inimigos e prevenção de ataques às embarcações brasileiras.

A Pedra do Telégrafo se destaca pelas incríveis fotos que mostram pessoas à beira do abismo, conseguidas através de um ângulo específico que cria uma ilusão de ótica na fotografia.

pedra da bigorna trilha da pedra do telegrafo parque estadual da pedra branca guaratiba rj

Em seu cume é possível observar toda a extensão da Restinga da Marambaia de um lado e as Praias Selvagens do outro, além das Praias do Grumari, Recreio dos Bandeirantes, Barra da Tijuca e Floresta da Tijuca ao fundo. A trilha começa na Praia Grande, em Barra de Guaratiba, e seus 354 metros de altitude são vencidos com uma caminhada de aproximadamente 50 minutos, levemente acentuada. Além da bela vista, o local ainda oferece o pôr do sol mais bonito da região.

Onde fica?

Parque Estadual da Pedra Branca, setor Praias Selvagens, Barra de Guaratiba. Rio de Janeiro - RJ.

Como chegar?

Partindo da Zona Sul, Barra da Tijuca ou Jacarepaguá e regiões próximas, pegue a Avenida das Américas e siga até o final do Recreio dos Bandeirantes, passe pelo túnel Vice-Presidente da República José Alencar (Túnel da Grota Funda) e pegue a segunda saída após o túnel, seguindo pela Estrada da Barra de Guaratiba até chegar na praia, onde se inicia a trilha.

Partindo de Bangu, Campo Grande, Santa Cruz ou regiões próximas, siga até a Avenida das Américas em direção à Barra de Guaratiba, passando pela Embrapa e pelo Centro Tecnológico do Exército (CTEx). Pouco depois do CTEx, mantenha-se à direita na bifurcação, seguindo a placa de sinalização indicando Barra de Guaratiba. Continue um pouco mais e vire à direita, seguindo pela Estrada da Barra de Guaratiba até chegar na praia, onde se inicia a trilha.

Características técnicas

Tempo médio de caminhada: 50 min (ida)
Extensão: 1.880 metros
Atitude máxima: 354 metros
Grau de dificuldade: moderado
Horário de visitação: não consta
Camping: não consta Taxa de entrada: gratuita

Mapa da Trilha (iniciando na Praia Grande)

mapa da trilha da pedra do telegrafo parque estadual da pedra branca guaratiba rj

Sinalizações na trilha

placas de sinalizacao da trilha da pedra do telegrafo parque estadual da pedra branca guaratiba rj

Toda o percurso da trilha, desde o início em frente a Praia Grande, está bem sinalizado com plaquinhas e marcação de pegada da Trilha Transcarioca.

Cerca no meio da trilha

cerca no meio da trilha da pedra do telegrafo parque estadual da pedra branca guaratiba rj

Em um determinado ponto da trilha você encontrará uma cerca, como se estivesse bloqueando o caminho. Ela foi colocada provavelmente para conter a passagem de animais e motos até o cume. Siga a sinalização da pegada e continue a trilha ultrapassando a cerca.

Pedra da Bigorna

Mas, afinal, o que é bigorna? É uma ferramenta utilizada para atarracar e polir as ferraduras das cavalgaduras. Segundo o dicionário, é um bloco de ferro revestido de aço, de corpo central em forma de paralelepípedo e extremidades afilando-se em cone ou pirâmide, que se apoia sobre um cepo e sobre o qual se forjam ou malham diferentes metais, a quente ou a frio, para os moldar.

pedra da bigorna trilha da pedra do telegrafo parque estadual da pedra branca rj

A Pedra da Bigorna também é conhecida como Pedra do Cavalo e Pedra do Abismo, que dependendo do ângulo da fotografia pode parecer realmente um precipício.

Fila para foto

fila para foto na pedra da bigorna trilha da pedra do telegrafo parque estadual da pedra branca guaratiba rj

Devido à alta exposição em todas as mídias, incluindo TV, a Pedra do Telégrafo se tornou bastante popular, atraindo trilheiros de todas os cantos do Brasil e até do exterior. É comum encontrar ônibus e vans de excursão levando trilheiros para o local, inclusive durante a semana. A espera na fila para conseguir fazer uma foto pode demorar horas, principalmente nos fins de semana e feriados.

Uma dica: o cume do Morro do Telégrafo é bem grande e existem diversos pontos interessantes para fotografia. Procure explorar novos ângulos, é certo que assim você evitará aborrecimentos na fila. E lembre-se: montanha é local para contemplação e introspecção.

Pôr do Sol

por do sol trilha da pedra do telegrafo parque estadual da pedra branca guaratiba rj

O Morro de Guaratiba é um excelente local para curtir o pôr do Sol, com um maravilhoso visual da Restinga da Marambaia.

Trilha Transcarioca

trilha transcarioca rio de janeiro rj

O Morro do Telégrafo é o ponto inicial da Trilha Transcarioca, que tem como objetivo cruzar o Rio de Janeiro por um percurso de aproximadamente 180 km, saindo da Barra de Guaratiba até o Morro da Urca, aos pés do Pão de Açúcar. Durante o seu trajeto, o visitante terá a oportunidade de apreciar atrativos naturais pouco conhecidos da cidade e descortinar a Cidade Maravilhosa de ângulos inusitados. A trilha poderá ser percorrida na sua integralidade ou em seções, de acordo com o interesse, a aptidão e a disponibilidade de tempo de seus usuários.

Dicas essenciais

  • Engana-se quem acha que é fácil tirar a clássica foto na beira do abismo. Não pela dificuldade, mas sim pela fila enorme que se forma para conseguir chegar até lá. Portanto, seja bastante paciente! Em dias ensolarados, esteja preparado para aguentar o calor;
  • Caso você queira poupar uma caminhada entre as ruas residenciais, é possível encontrar motoboys próximo da Praia Grande, que fazem o transporte até o início da trilha;
  • A região oferece uma diversidade de opções para almoço e lanche, sendo frutos do mar um dos principais pratos da Barra de Guaratiba;
  • Caso você necessite usar o banheiro antes ou após a trilha, alguns bares e restaurantes da Praia Grande oferecem o uso por R$ 2,00;
  • A trilha possui pelo menos 3 acessos diferentes, então é possível que você inicie por um dos acessos e termine por outro; mas cuidado para não pegar o acesso errado e acabar indo parar nas Praias Selvagens, observe bem as placas de sinalização;
  • No verão o calor é intenso no Rio, propício para um banho de mar. Uma boa dica é subir até a Pedra do Telégrafo bem cedo e descer a trilha em direção às Praias Selvagens, que além de ser paradisíacas, elas ficam relativamente vazias se comparadas a outras regiões do Rio;
  • Não esqueça de levar repelente, os mosquitos não perdoam, principalmente nas primeiras horas do dia e no entardecer;
  • Por ser muito frequentado, em uma região de praia, o local costuma encher bastante. Se você for de carro, prefira chegar bem cedo para conseguir estacionar.
  • Na região existem alguns estacionamentos particulares que cobram em média R$ 20,00 pela diária;
  • Estacione sempre em locais permitidos. Evite reboque!

Compartilhe